A Dôr dos Refugiados

Matéria da Revista Impacto

http://www.revistaimpacto.com.br

O sofrimento dos refugiados é incalculável.

Cada dia o número de pessoas necessitadas aumenta e as histórias deles são horrorizantes.

Todos os dias ouvimos discursos emocionantes de pessoas que perderam tudo e que não têm nenhuma expectativa para o futuro.

Dias atrás, conheci um homem chamado Alman. Ele me contou que os terroristas sequestraram toda a sua família. Sua esposa foi abusada sexualmente por diversas vezes na frente dele e dos filhos. Eles bateram nos filhos até a morte, mesmo sabendo que eles eram todos muçulmanos. Depois mataram a esposa e tentaram matá-lo também. Eles bateram tanto nele que o deram como morto.

Ele foi achado por algumas pessoas em um latão de lixo. As pessoas perceberam que ele ainda estava vivo e chamaram socorro. Ele passou por mais de 20 cirurgias e sobreviveu. No hospital recebeu Jesus em seu coração e foi batizado ali mesmo. Hoje ele convive com muitas sequelas desse ataque. Anda mancando, mãos totalmente tortas, olhos machucados, voz muito fraca e diversas cicatrizes pelo rosto.

Em lágrimas ele me disse:“Pastor perdi tudo, minha casa, meu carro, meus filhos e minha esposa; no entanto, não posso lamentar pois encontrei o maior tesouro do mundo, meu Jesus. A única coisa que eu lamento é da minha família não ter tido a oportunidade de conhecer os cristãos antes de morrer. Ela poderia ter recebido a salvação, pastor, mas não deu tempo.”

%d blogueiros gostam disto: