Lança o Teu Pão Sobre as Águas

85E49539-C732-4502-B958-8FCF83356CDA

Eclesiastes 11:1
King James Atualizada

Todos os anos, entre os meses de junho a outubro os egípcios aguardavam as cheias e o húmus acumulado no leito fertilizava a terra garantindo a prática agrícola.

Por que essa tradução fala de pão sobre as águas? O que significa isso?

Quado as cheias vinham sobre o rio Nilo, eles lançavam as sementes sobre as águas e quando essas baixavam, as sementes haviam se espalhando por toda parte.

Olha como isso funcionava no Rio Nilo. Vamos aprender um pouco com os egípcios.

As fortes chuvas sazonais faziam o Rio Nilo transbordar, encobrindo grandes extensões de terras que o margeavam, mas também, este fenômeno fertilizava o solo ao depositar matéria orgânica (fertilizante de primeira qualidade) neste.

Além de fertilização do solo, o rio trazia grande quantidade de peixes e dava chances a milhares de barcos que navegavam sobre as águas fluviais.

Os campos de trigo e de cevada – cultivos básicos – sucediam-se desde os pântanos do Delta, ao norte, até a região da Núbia, no extremo sul. Uma vez o rio Nilo voltando ao leito normal após a cheia, iniciava-se o trabalho de cultivo da terra.

A primeiro tarefa dos camponeses era a aragem e semeadura da terra, antes mesmo que as águas da inundação se retirassem totalmente.

Esses dois afazeres ocorriam no mesmo momento. Arar e Semear. Que interessante! O trabalho era dobrado e é isso que a Bíblia nos ensina. Lança a semente, vai arando a terra e jogando a semente ao mesmo tempo pois a terra está molhada.

Penso no coração. Nosso coração é um solo. Essa inundação, essas águas, falam da palavra de Deus que irriga nosso coração. Aqui eu te pergunto: Como está a palavra de Deus na sua vida? O quanto você tem lido a Bíblia? Quanto tempo você tem passado com ela? Nela há poder, nela há vida, nela há tesouros escondidos.

Lance tua semente, declare a palavra de Deus com tua boca. Oferte na vida de pessoas, dé presentes, surpreenda! Dê como você talvez nunca tenha dado. Lança teu pão! Deus te dará muito mais! Deixe seu coração inundado da palavra e seja qual for a situação ou tempo na sua vida, Deus virá fazendo brotar tudo que você plantou com palavras e acoes.

Camponeses que revolviam a terra com arados e enxadas eram seguidos de imediato de outros camponeses que lançavam as sementes dos cereais, pisoteadas por animais (ovelhas, cabras, etc.) de modo a penetrarem no solo.

Isso mostra que tudo leva um tempo. Tempo para lançar a semente, tempo para penetrarem o solo, tempo para a colheita , tempo para desfrutar.

À época da colheita, os talos de trigo e de cevada eram cortados pelo meio utilizando-se uma pequena foice de madeira com dentes de sílex. Os talos eram depositados no chão. Feito isso, recolhiam-se as espigas em cestos, sendo transportadas à extremidade do campo.

O cereal era então pisoteado por bois de modo a separar o grão da casca, e em seguida peneirado.

paciencia…  pois o dono da sua semeadura cuidará daquilo que você semeou…

Era nesse momento que chegavam aos campos os proprietários ou seus representantes, acompanhados de um contingente de escribas, agrimensores, empregados e soldados, os quais iriam, antes de tudo, medir os campos de modo a determinar a percentagem do cereal que o camponês deveria entregar.

Os grãos colhidos eram acondicionados em sacas denominadas de khar, com 73 litros.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s