Refletindo Sobre o Chamado

Com o tempo no campo missionário muitas coisas vão ficando claras pra quem está nesse lugar.

Uma das coisas que mais entendo hoje é uma palavrinha chamada valor.

Qual é o valor das coisas pra mim? E pra você?

O que de fato tem valor e quais são os nossos verdadeiros valores?

Quando somos chamados por Deus temos que apenas dizer sim sem pensar no que virá pois é certo que o que virá já está na palavra.

No mundo teremos aflições. Isso no campo missionário ou fora dele.

Ele disse aos seus discípulos que estava os enviando para o meio de lobos. Isso se aplica a qualquer um que quer pregar o evangelho.

O que nós estamos esperando de fato quando dizemos sim? Estamos dizendo de coração ou queremos negociar algumas coisas com Deus?!

Se eu servir ao Senhor, como será meu futuro?

Quando eu olho para a vida dos discípulos de Jesus eu vejo uma vida muito diferente daquilo que muita gente espera. Vejo muita diferença nos apóstolos do Novo Testamento comparados aos apóstolos de hoje. O que aconteceu?

Aqui na África existe um mundo completamente diferente do mundo que conheço no Brasil. Pelo menos aqui em Moçambique. Se eu quiser ter uma vida de luxo ou de conforto, meu lugar não é aqui mas tenho certeza que jamais seria feliz em outro lugar.

É na eternidade que estão meus tesouros eternos. É lá em cima que quero juntar minhas riquezas. Minha vida aqui é passageira e eu fiz muito pouco. Queria ter feito muito mais. Não que eu tenha terminado. Acho que estou começando… mas tenho um sentimento debique nada mais importa. Nada mais dessa vida. Nenhum tipo de riqueza que Deus quisesse me dar superará a alegria de ver crianças cheias do Espírito Santo nesse lugar.

Não temos muito mas o que temos é suficiente para nos manter de pé. Queremos mais?? Sim! Precisamos de mais para cuidar de órfãos perto daqui, perto de onde moro. Onde estão os recursos?? Estão na igreja. Na igreja de Jesus na terra.

Onde estão os trabalhadores?? Eu tenho chorado para que Deus os envie.

Que os olhos da igreja se abram para que a igreja veja que não necessita de muito para viver, mas do necessário; como disse Salomão. Pv 30:8

O que sobrar, é para dar pão ao faminto, água ao sedento , roupa para o nu, sapatos para o que não tem, cuidados para a viúva.. e por aí vai..

Aqui de Nampula, Moçambique … chorando e rogando ao Senhor da Seara que desperte uma igreja que ama a Jesus acima de todas as coisas que ela possa ter. E que ama o próximo.

Pra Valéria Rodrigues

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s